domingo, 11 de maio de 2008

Sentimento

A pouco e pouco a gélida apatia que se abateu sobre mim durante esta semana vai-se desvanecendo. Aqueceram-me as palavras ditas ao ouvido, os olhares e os abraços silenciosos.

Lembro-me bem do primeiro dia. Uma mistura de medo, nervosismo, curiosidade e revolta. Saí furiosa. Chamei-lhes frustrados. Pus o despertador para as 6 da manhã do dia seguinte. Moveu-me a vontade de descobrir, de saber mais. Moveu-me o desejo de viver muito mais do que o que os livros tinham para me oferecer. Moveu-me a determinação de alcançar um objectivo. Foi assim que começou o melhor ano da minha vida.

Rodeava-me o negro das capas. Acompanhava-me o azul das t-shirts reflectido na terra. Tudo me era indiferente. Pouco a pouco foi fazendo sentido. Trocámos olhares. Contivemos lágrimas e gargalhadas. Demos as mãos. Chorámos e chorámos a rir. Libertámo-nos e fomos nós próprios. Fizemos músicas, preparámos surpresas. Esforçámo-nos. Desiludimos e impressionámos. Aprendemos e crescemos. Fizemo-lo juntos. E a indiferença deu lugar ao orgulho.

De repente, chegou o dia pelo qual ansiávamos desde o início… Trajar e ter-vos do meu lado foi um orgulho. Traçar uma capa preencheu-me de uma forma inexplicável. E as palavras escorreram, salgadas.

O azul deu lugar ao preto. E a t-shirt suja da ingenuidade, à capa pesada da responsabilidade. Hoje o medo deu lugar ao respeito. O nervosismo transformou-se em certeza e a curiosidade em determinação. A revolta acompanhar-me-á para sempre…

E de repente acabou o melhor ano da minha vida.




















Sentimento.


A.H.

8 comentários:

Pumpkin disse...

Sabes que me fazes chorar? Sabes que em fazes ter Saudades do 1º dia? Fazes-me ter saudades de usar a t-shirt suja, rota, furada, fedorenta que ainda à pouco deixei de usar? O melhor ano da Tua Vida. O melhor ano da Minha Vida. O melhor ano da Nossa Vida... e muitos ainda não o sabem... muitos ainda não o choram...

Há coisas que quero guardar. Uma delas são as vivências destes 8 (9) meses em que descobri o valor das Coisas mais simples, das Pessoas que estão ao nosso lado num silêncio reconfortante; em que descobri que cada Dia nos traz coisas novas para aprender e com as quais ganhamos Força, Coragem e Conhecimento; Dignidade, Inteligência e Responsabilidade.

Orgulho-me de todos os Momentos, bons e maus, que este ano, que estas pessoas e esta Vida me proporcionaram. Não exitaria uma única vez; não voltaria nunca atrás; não perderia isto por Nada!

Bebé disse...

De repente acabou o meu melhor ano da minha vida... deixa-me feliz e faz-me chorar! Faz-me chorar principalmente quando não me apercebi que era o melhor ano da minha vida...

Pelo que fizemos, pelo que aprendemos, pelo que vivemos... Por ver as t-shirts ao meu lado... Por ver as vossas t-shirts, mais do que a minha! Por ver os vossos olhares, os vossos esforços, os vossos sorrisos, as vossas lágrimas (que muitas vezes doem mais que muito!)...

Por ver o vosso negro, por ver a vossa humildade, por ver a vossa coragem, por ver o vosso orgulho... Por terem palavras para mim e deixarem-me ser o que sinto ser.

Sentimento que ainda não consigo explicar... ainda tenho apatia, ainda tenho falta de coragem para voltar à realidade...

Conheci pessoas com um valor inexplicável... Obrigada!
Estou bem convosco, quero estar convosco... chorar e sorrir. Encostar!

"Encosta-te a mim"

Tulha disse...

As palavras que um dia já foram as nossas, o sentimento que poucos podem compreender.

Bonito *

Ana a.k.a Cuddles disse...

Basta um olhar... e muitos foram os olhares que aquela Floresta (para nós, mágica) viu cruzarem-se!

Muito orgulho em ter-te (e ter-vos a todos!) ao meu lado =)

Rita Garcia disse...

foi o fim de uma etapa mas o inicio de um longo percurso.
temos muito pra viver, temos muito pra sentir. isto não acabou.ainda está a começar. *

Cláudia Isidro disse...

Orgulhosamente Caloira 2007*
Digam o que disseram, somos e fomos os melhores!

Azul de Letras está cmg, pelo menos enquanto tiver lá pessoas que façam tanto sentido :)

Cláudia Isidro disse...

Ainda que seja toda eu LARANJA <3

Andreia Azevedo disse...

Sem palavras =') fico apenas com o arrepio que acabei de sentir*