domingo, 18 de maio de 2008

Un regard...



O que me despia da máscara fria da razão.
O que me sussurrava ao ouvido palavras reconfortantes.
O único capaz de traduzir o que sentíamos, numa linguagem só nossa.

Les doux souvenirs ne s'éteignent jamais.


A.H.

1 comentário:

Cláudia Isidro disse...

Lembro-me desta altura :)