domingo, 25 de janeiro de 2009

sinto que não sinto nada... sinto muito.

A.H.

2 comentários:

Maria Inês disse...

Exame amanha ... vais dizer que não sentes um certo frio na barriga?

Nêspra

Catarina? Bebé disse...

Se me permites, sentes!
Sentes tudo e com o coração (por muito que a razão mova o teu movimento pensado).
Sentes da mesma forma particular que todos sentimos (cada um na sua própria particularidade).
Se tentas puxar pela razão é porque ela te dá armas e defesas para que não sintas desilusão.

Um (humilde, nada sábio e muito provavelmente para não ser seguido) conselho: Deixa que a razão às vezes fique encostada a olhar e arrisca levar só contigo o coração. Pode ser que a surpresa seja boa.